Programa pioneiro sobre literacia do Oceano será aplicado nas escolas de Cascais

Quinta-feira, 24 de Janeiro de 2019
Fonte: Cascais
Crédito da Foto: Cascais

Programa pioneiro sobre literacia do Oceano será aplicado nas escolas do concelho de Cascais e vais chegar a cerca de 2000 alunos.

A Câmara Municipal de Cascais e a Fundação Oceano Azul assinaram um protocolo de colaboração em que se comprometem a promover no concelho de Cascais a literacia do Oceano nas suas múltiplas componentes, visando o desenvolvimento dos cidadãos e a promoção da importância do uso sustentável do Oceano.

Neste âmbito, o Programa ‘Educar Para Uma Geração Azul’ vai abranger oito dezenas de docentes, cujo trabalho se irá refletir em mais de dois mil alunos do concelho espalhados por mais de duas dezenas de escolas.

Entre os objetivos do protocolo conta-se a promoção da literacia do oceano, de modo a contribuir para a criação de uma “Geração Azul”, a promoção do Ensino Experimental das Ciências desde os primeiros anos de escolaridade e contribuir para a concretização da Estratégia Nacional de Educação para a cidadania.

O público-alvo do programa “Educar para uma Geração Azul (EGA) abrange docentes e alunos de escolas públicas e privadas do 1.º ciclo do ensino básico.

O acordo visa também incentivar e divulgar as ações no quadro de formação contínua de professores, o que já ocorreu no passado fim de semana.

A apresentação do Programa “Educar para uma Geração Azul” contou com a presença do Diretor-Geral da Educação, José Vítor Pedroso, da Subdiretora da Educação, Eulália Alexandre, e do Presidente da Câmara Municipal de Cascais, Carlos Carreiras, entre outros.

O programa foi apresentado pelo Presidente da Fundação Oceano Azul, José Soares dos Santos, bem como pelo Administrador Dr. Tiago Pitta e Cunha e restante equipa de Educação. O programa, pioneiro no que se refere à literacia do oceano, será aplicado nas escolas do concelho de Cascais, chegando a cerca de 2000 alunos, de acordo com o protocolo de colaboração entre o Município, a Fundação Oceano Azul, o Oceanário de Lisboa e a Direção-Geral da Educação.

Este protocolo visa, assim, criar uma parceria para a implantação do programa-piloto «Educar para uma Geração Azul» em várias escolas de Cascais. Foram 22 as escolas públicas e privadas do concelho que aderiram de imediato. A formação é dada a 83 professores, que só este ano vão chegar a cerca de 2000 mil alunos.

O programa visa explicar às crianças a estreita dependência que os seres humanos têm do mar, o que raramente é compreendido, assim como a importância estratégica que o mar tem para os países costeiros e, em especial, para Portugal e para os seus habitantes.

É um programa, sem precedentes, implicando a formação de professores do 1.º ciclo do ensino básico e a integração do primeiro manual sobre o oceano em contexto escolar. Este manual, que foi elaborado pela Fundação Oceano Azul e Oceanário de Lisboa, com o apoio e a validação da Direção-Geral da Educação, é inteiramente dedicado a temáticas sobre o oceano e destina-se aos professores, os principais dinamizadores desta iniciativa. 

Sobre Elson Contreiras

Baiano, empreendedor nato, ex-carnavalesco e ha alguns anos vivendo em Portugal. Analista de Sistemas e programador. Consultor em TI, especialista em CRM, Cobol e sistemas. 

Correspondente Internacional da Caro Gestor

Sugestões de pautas:

Whatsapp - +00351 917 637 125

e-mail - elson@carogestor.com.br

  • Email
  • Google+

Comentários

    Não há comentário

Comentar