Una e Prado comemoram emancipação

 Nesta quinta-feira, dia 02 de agosto, os municípios de Una (88 anos) e Prado (116 anos) comemoram suas emancipações políticas. Una é uma cidade litorânea do sul do estado e é bastante procurada para o turismo. Sua maior atração é a Ilha de Comandatuba que abriga um grande complexo turístico. Possui mais de 50 km de praias de mar aberto, várias ainda desertas, entre elas 18 km só na Ilha de Comandatuba. Ali é possível encontrar coqueirais centenários, extensos jardins tropicais e pequenas reservas de floresta atlântica ao lado de uma infra-estrutura completa e elegante, construída em grande parte com materiais naturais. É sede, também, da Reserva Biológica do Una, único habitat natural do mico-leão-da-cara-dourada. O município é grande produtor baiano de pimenta do reino, castanha de caju e cacau. Seu nome significa, em tupi, preto, uma alusão à coloração do rio que banha a cidade.

Outro aniversariante, Prado comemora seus 116 anos. São 84 km de litoral, onde falésias de cores variadas e de rara beleza intercalam-se com planícies, praias de águas mornas e piscinas naturais irresistíveis, rodeadas por um vasto coqueiral. O Centro Histórico preserva o casario dos séculos XVIII e XIX, com ruas estreitas, calçadas com paralelepípedos e praças arborizadas. Destaque para as centenárias construções da Matriz de Nossa Senhora da Purificação, a antiga Cadeia Pública, a Casa Colonial do Beco das Garrafas e o sobrado da rua Rui Barbosa. O município alia ecoturismo a turismo pedagógico, com aprendizados de geologia, história e religião. O litoral é o forte do turismo em Prado. As praias do Farol, da Paixão, até a Ponta de Corumbau, estende-se numa costa que abriga vilas de pescadores, como a de Cumuruxatiba. Na Praia do Tororão pode-se até tomar banho de água doce em uma cascata em plena orla. Tem o Parque Nacional do Descobrimento, o Centro de Visitantes e um monumento erguido pelos índios pataxós para marcar a passagem dos 500 anos de descobrimento do Brasil, no topo do Monte Pascoal.

Comentários

    Não há comentário

Comentar