Municípios baianos estão em festa

 Os municípios de Gavião, Campo Alegre de Lourdes e Capela do Alto Alegre comemoram autonomia nesta terça feira, dia 19 de março. O primeiro completa 27 anos de emancipação. Já Capela comemora 28 anos e Campo Alegre de Lourdes, 45 anos.

Campo Alegre de Lourdes situa-se ao norte do Estado da Bahia na divisa com o Estado do Piauí. Embora esteja dentro da área do Vale do São Francisco, fica a 120 km do mesmo. Não é cortado por nenhum curso de água permanente e está no Polígono da Seca. A base de sua economia é a agricultura de subsistência e a pecuária de pequeno e grande porte. O município foi criado em 1962, com território desmembrado de Remanso, quando recebeu o nome de Campo Alegre de Lourdes. 
 
Capela do Alto Alegre teve início em 1912, quando foi celebrada a primeira missa na pequena capela construída na parte mais alta da Fazenda Desabafo. Os fiéis foram edificando suas casas em volta da capela. O local era conhecido pelo nome de Capelinha, mais tarde modificado para Capela do Alto Alegre. Na década de 60, o município alcançou um certo desenvolvimento com o surgimento do sisal. A partir de 1980 desenvolveu, também, a pecuária leiteira. A partir da construção da estrada que liga Capela do Alto Alegre à BR 324, denominada Rodovia Lomanto Júnior, ligando Feira de Santana à Juazeiro, o povoado de Capela do Alto Alegre teve um relativo surto de prosperidade: facilitou o escoamento da produção de sisal e demais produtos agropecuários. Em 25 de novembro de 1984, foi realizado o plebiscito para emancipação política do município, que foi desmembrado de Riachão do Jacuípe, a 19 de março de 1985. 
 
Já Gavião possui ricas belezas naturais, entre elas as caatingas virgens que existem na comunidade Palmatoria. Na divisa com o município de São Domingos encontramos o Rio Jacuipe e diversas espécies de plantas e animais. Conta-se que 1812 passava pelo local um rico viajante para descansar. Ele gostou da região e por isso comprou uma posse de terra construindo nela uma casa perto de uma quixabeira onde pela tarde muitos gaviões se aninhavam para dormir. Ele observou o fato e colocou o nome de sua fazenda de Gavião. Católico fervoroso construiu uma capela em louvor a Nossa Senhora da Conceição. Mais tarde várias famílias foram se reunindo em torno da capela que se tornou povoado, vila, distrito até a emancipação.

Comentários

    Não há comentário

Comentar