EBDA participa da Expointerguaraná no Baixo Sul da Bahia

 O município de Taperoá, situado no Baixo Sul da Bahia - maior região produtora de guaraná do país - realizará entre 09 e 11, no Parque de Exposições, a Feira da Agricultura e Aquicultura Familiar do Território do Baixo Sul (Expointerguaraná 2012). A abertura do evento contará com a presença do secretário estadual de Agricultura, o engenheiro agrônomo Eduardo Salles e reunirá mais de 60 entidades de agricultores familiares, técnicos agrícolas, empresários, comerciantes, estudantes e sociedade civil, em torno do desenvolvimento local.

Com o principal objetivo de tornar conhecida, nacional e internacionalmente, a Bahia como o maior produtor de Guaraná do mundo, o evento também visa promover a agricultura familiar, no contexto da cultura do guaraná e de outras culturas regionais, e ainda incentivar a comercialização da produção de pescados, artesanatos, e demais produtos produzidos na região.
 
No evento, a Empresa Baiana de Desenvolvimento Agrícola (EBDA), vinculada à Secretaria de Agricultura, que é parceira e patrocinadora da iniciativa, também vai expor, em cinco estandes, os trabalhos desenvolvidos com a pecuária, mandioca, apicultura, fruticultura, cana-de-açúcar e outros produtos, trabalhados com tecnologias apropriadas para a região. “Pretendemos, nessa oportunidade, firmar parcerias, divulgar o trabalho da EBDA com a agricultura familiar e expor os produtos dos nossos agricultores”, disse o técnico da EBDA, em Taperoá, Gerval Teófilo.
 
Guaraná na Bahia
Como a maior região produtora de guaraná do país, a Bahia conta com uma área plantada de 7600 hectares de guaraná, com média aproximada de 400 kg/ha, de produtividade. A principal característica dessa cultura, no Baixo Sul, é que a produção é feita em pequenas áreas de agricultores familiares.
 
Segundo Gerval Teófilo, um ponto a se destacar é que os campos produtores não apresentam ocorrência de doenças e pragas, e na sua maioria, o cultivo é orgânico. “O guaraná tem sido a principal fonte de renda de cerca de cinco mil famílias no Baixo Sul  baiano”, assegurou o técnico.
 
A feira é uma extensão do Planejamento Estratégico da Cadeia Produtiva do Guaraná da Bahia, realizada pela Câmara Setorial do Guaraná da Bahia, com o apoio da EBDA, do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) - responsável pela articulação com compradores internos e externos -, da Superintendência de Agricultura Familiar (SUAF) da Secretaria Estadual da Agricultura (Seagri), e da Secretária Estadual do Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Semade).

Comentários

    Não há comentário

Comentar

REVISTA DIGITAL

revistaCG

TV CARO GESTOR

TVCG