Central dos Trabalhadores protesta contra juros altos

Agora pouco, às 9h, a Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil – Sessão Bahia começou uma manifestação contra a inflação e a possível retomada da alta de juros no pais. O protesto em Salvador será em frente ao Banco Central (BC), na Avenida Garibaldi. A atividade é nacional e acontecerá simultaneamente em várias cidades brasileiras.

Coincidentemente, a data é a mesma em que o conselho monetário BC se reunirá para decidir se a taxa Selic sofrerá alguma mudança ou não. A inflação acumulada pelo IPCA (Índice de Preços ao Consumidor Amplo) em 12 meses chegou a 6,59% em março, maior índice desde novembro de 2011, quando a taxa ficou em 6,64%.
 
De acordo com a CTB-Bahia, será montada uma “feirinha”, em frente ao banco com produtos que sofreram elevação nos preços, como a farinha (181%) e o tomate (166%), vilões da cesta básica nos últimos 12 meses. Segundo ainda a central, o trabalhador assalariado compromete mais de 40% da sua renda com alimentação e o combate à inflação não pode ser feito com a elevação da taxa de juros, sob o risco de gerar desemprego.
 
“O BC e o governo federal precisam se manter firmes neste momento, de modo a enfrentar toda a pressão que o mercado financeiro têm feito para que a alta dos juros seja retomada”, diz a nota da CTB.

Comentários

    Não há comentário

Comentar