Ilhéus vai ganhar Ponte e Gasoduto

 Para acabar de vez com os congestionamentos na Ponte do Pontal, principal acesso para o centro de Ilhéus, na região sul, o Governo do Estado vai construir uma nova travessia. A obra foi anunciada pelo governador Jaques Wagner durante lançamento do edital de licitação do Gasoduto Itabuna-Ilhéus, nesta quarta-feira (24), no Centro de Convenções do Hotel Praia do Sol, no município. A via é uma reivindicação antiga dos motoristas e moradores e será uma alternativa para desafogar o trânsito da cidade. 

A professora Keyla Araújo afirmou que os transtornos no tráfego começam já no início da manhã, criando um enorme engarrafamento em Pontal, sentido Ilhéus. “Ficamos muito tempo parados aqui na ponte, tentando chegar ao nosso destino. O trânsito nesta região é muito intenso e, muitas vezes, chegamos atrasados no trabalho. Estamos aguardando a nova ponte e tenho a certeza que vai melhorar muito o nosso acesso”.
 
De acordo com o vice-governador e secretário de Infraestrutura, Otto Alencar, serão investidos cerca de R$ 165 milhões na obra e a previsão é que a ordem de serviço seja assinada no final de maio próximo, iniciando imediatamente a construção da ponte, que vai do Monte Pernambuco até o Cristo. Para isso, “os recursos estão assegurados no orçamento do Estado”.
 
Ainda segundo Otto, a ponte era um estigma. “Muita gente achava que não seria feita, mas, agora, vamos quebrar este estigma. A previsão é que a obra seja concluída em dois anos, melhorando o trânsito de Ilhéus”.
 
Gás natural
 
Ilhéus também ganhará uma obra importante voltada para desenvolver a economia local - o Gasoduto Itabuna/ Ilhéus, que vai contar com 36 quilômetros de extensão. A instalação do equipamento permitirá o fornecimento de gás natural para empreendimentos atraídos pelo Complexo do Porto Sul. O valor total do investimento será de R$ 45 milhões. A previsão de início das obras é em setembro deste ano e conclusão em 2015.
 
Segundo o presidente da Companhia de Gás da Bahia (Bahiagás), Davidson Magalhães, com o gasoduto os investimentos da empresa no sul chegarão à ordem de R$ 70 milhões, considerando a construção da Estação de Transferência de Custódia (ETC) de Itabuna, a rede interna de gasodutos na cidade e a primeira sede da companhia na região.
 
“É um programa do Governo do Estado, a interiorização do gás natural. Estamos fazendo este investimento de R$ 45 milhões para trazer o gás canalizado a Ilhéus. Essa é a segunda parte de investimentos no sul da Bahia. Depois teremos uma rede interna e vamos levar uma nova vertente para a área do Porto Sul”.
 
Postos de trabalho
 
Para o governador Jaques Wagner, a interiorização do gás natural atrai novas empresas e descentraliza a economia do estado, criando novos postos de trabalho nas cidades do interior. “O gás natural é uma forma de alavancar atração de novos investimentos. Trazer esse gás natural como oferta para novos empreendimentos é baratear o custo da energia dos empreendimentos e, portanto, dar maior competitividade. Além disso, com a atração de empresas, cria-se emprego e renda para a população, dinamizando a economia local”, enfatizou Wagner.
 
Dentro da estratégia de desenvolvimento social e econômico do governo estadual, a Bahiagás vai investir, até 2017, cerca de R$ 105 milhões no sul e extremo sul do estado, na construção de centrais de distribuição e de dutos que levarão o gás natural a empresas, residências, comércio e postos de combustíveis da região.

Comentários

    Não há comentário

Comentar